Cuidados Gerais

    Quando você adquirir uma Calopsita mansa, lembre-se de que deve manuseá-la com carinho, pois ela deve sentir prazer em ser manuseada, caso contrário ela pode se tornar arisca e relutar em ficar na sua mão.
    Nos primeiros dias na nova casa, pegue várias vezes por dia por um período não maior que 15 minutos cada vez, para não estressá-la.
É normal que ela relute um pouco em ficar na sua mão. Caso ela pule da mão não corra atrás dela, tente pegá-la com delicadeza, dessa forma você mostrará que é um amigo e não um agressor. Em pouco tempo ela estará bem à vontade com você e não tentará mais pular da sua mão.
    Lembre-se de que interagir com ela é muito importante, pois as Calopsitas são aves sociais e necessitam de companhia - como foram criadas na mão desde bem pequenas elas nos consideram como sendo da sua própria espécie. Apesar de ser mansa, ela deve ter uma gaiola para poder descansar, se alimentar etc., além do que, não é aconselhável deixá-la solta todo o tempo, sobretudo sozinha.
    Devemos colocar alguns brinquedos em sua gaiola para que ela se exercite e se distraia. Não se deve superalimentar as Calopsitas, nem dar doces e outros alimentos, principalmente os que contenham muita gordura, pois como elas não se exercitam voando, têm tendência a obesidade. Não fique o dia todo com a ave no dedo, tenha sempre em mente que as calopsitas devem ter tempo para alimentação.
Respeite o horário do sono (eles dormem a partir das 18h30/19h00) colocando-a num ambiente tranqüilo e sem luz acesa. Pode-se cobrir a gaiola com um pano. Evite deixar a gaiola em locais barulhentos e com correntes de ar, elas podem ficar estressadas e doentes.
    Outra importante recomendação sobre o convívio com seres humanos, é em relação a crianças pequenas e pouco acostumadas a lidar com aves. É preciso orientá-las para evitar que as machuquem caso peguem-nas na mão, e também para que não as estressem com atitudes bruscas, como bater no viveiro. Atitudes como essas deixam as aves apavoradas e desconfiadas