COMPORTAMENTO

    É uma excelente companhia para toda a família. Elas se apegam às pessoas da casa e normalmente quando as vêem assobiam e se aproximam das grades da gaiola para as observarem de perto e acompanharem atentamente suas atividades. A única recomendação sobre o convívio entre Calopsitas e humanos é em relação à crianças pequenas e pouco acostumadas a lidar com aves. É preciso orientá-las para evitar que machuquem as Calopsitas caso as peguem na mão e também para que não as estressem ou apertem bruscamente, orientando também que não se deve bater no viveiro e nem gritar muito alto. Atitudes como essas deixam as aves apavoradas e desconfiadas com seres humanos.

    São facilmente domesticadas quando jovens, e raramente bicam quando assim domesticadas. Quando perturbadas, as calopsitas mansas apenas gritam ou beliscam o dedo. As reconhecem bem as pessoas, e costumam ser particularmente fiéis à pessoa que cuida e treina. Para que elas se liguem a todos membros da família, elas devem ser manipuladas por todos.

    As calopsitas assobiam e, podem até falar, muito raramente, mas isso é possível. Isso varia muito de exemplar para exemplar, tambem exige dedicação e atenção do proprietário. Atualmente existem CD's para ensinar as calopsitas a falar. São pássaros perfeitos para quem quer uma relação amigável com uma ave. São divertidos e muito engraçados e sempre leais aos donos.

    Ativa e brincalhona, a Calopsita parece mesmo ser uma ave feliz. Estão sempre brincando, pulando de um poleiro para outro, subindo na grade ou divertindo-se na banheira. Sempre estão em movimento, alegrando o ambiente. Mas, mesmo sendo adepta de muitas brincadeiras, as Calopsitas não costumam ser muito destrutivas.